Não coloque qualquer alimento no microondas

porTamires Silva de Oliveira

Não coloque qualquer alimento no microondas

Todos entendemos sobre os perigos de aquecer os alimentos em alguns tipos de recipientes, todavia você tinha noção que certos alimentos trazem riscos quando você decide esquentá-los de novo? E quais são alimentos que geram riscos ao serem esquentados no microondas?

Veja a lista:

Batatas

A maneira como você armazena alimentos mesmo antes de cogitar em requentá-los é muito fundamental. De acordo com estudos, as batatinhas podem ser um campo fértil para Clostridium Botulinum (botulismo) se não forem instantaneamente refrigerados logo depois de terminarem de serem consumidas no almoço. Trinta segundos no microondas não matarão o botulismo, então, esteja atento!

Arroz

Não coloque qualquer alimento no microondas Nutrição Saúde  microondas   Aqui está outro alimento onde o modo como você o guarda antes de requentá-lo é capaz de ser um grande perigo. De acordo com estudiosos, o arroz que é conservado fora da geladeira por mais de 60m logo depois de pronto, ou aquele que fica fora do refrigerador por mais de 24 horas, têm a possibilidade de criar distúrbios digestivos nos seres humanos. Se o arroz ficar parado fora da geladeira, bactérias se proliferarão e poderão gerar micróbios os quais ocasionam vômitos ou desarranjo intestinal e requentar o arroz no microondas não o elevará a uma temperatura considerável para extiguir o perigo.

Ovos

A ameaça ocasionada pelos ovos não é simplesmente a de estourá-los no microondas. De certa maneira, reaquecê-los muda a estrutura proteica ou os deixa venenosos. Você corre o risco de possuir um sistema digestivo desequilibrado se aquecê-los a temperaturas altas o bastante. Cientistas revelam que os ovos que requentados devem atingir uma temperatura corporal de 165 graus antes de serem comidos. A não ser que você tenha um termômetro alimentar, é aconselhado ignorar totalmente esquentá-los por uma segunda vez no microondas.

Uma outra sugestão sobre os ovos: Jamais deixe ovos cozidos fora da geladeira por mais de duas horas ou por mais de 1 hora quando as temperaturas encontram-se acima de 30 graus. Germes que podem ocasionar enfermidades desenvolvem-se depressa a elevadas temperaturas.

Cogumelos

Não coloque qualquer alimento no microondas Nutrição Saúde  microondas   Este aviso refere-se especialmente a cogumelos frescos. Segundo especialistas, é melhor consumir cogumelos frescos instantaneamente logo após a preparação porque as proteínas desse alimento deterioram-se muito rápido.

O consenso comum é que, se você armazena os cogumelos que preparou na geladeira por mais de 24 horas, é sugerido ingeri-los logo depois de serem reaquecidos a uma temperatura de 158 graus. Não existem preocupações com relação ao reaquecimento de cogumelos industrializados processados, ou melhor, qualquer daqueles que você conserve congelado, em conserva ou seco.

Aipo, espinafre e beterraba

Esse trio de vegetais detém uma substância em comum: uma grande concentração de nitratos que podem tornar-se cancerígenos quando requentados. O nitrato em si é absolutamente inofensivo, contudo consegue ser convertido em nitritos, e, após isso, em nitrosaminas, determinadas que são chamadas de cancerígenas. Isto ocorre em especial toda vez que o espinafre é aquecido, conservado e depois requentado. O próprio nitrito é um elemento inócuo, porém deve ser ignorado por recém-nascidos de até 6 meses, atentam cientistas.

De que modo requentar alimento da forma correta?

Existem quatro formas simples de preservar a segurança ao reaquecer as comidas no forno de microondas:

Verifique se o seu microondas está funcionando convenientemente.

Caso o alimento não encontrar-se apropriadamente cozinhado ou requentado, cozinhe-o por um tempo maior.

Divida os alimentos em quantidades menores para confirmar um reaquecimento total.

Certifique-se de mexer o alimento no momento do processo de reaquecimento para se certificar de que a condição da temperatura está a mesma durante todo o procedimento.

Sobre o Autor

Tamires Silva de Oliveira editor

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.