use protetor solar

Descubra o melhor Protetor solar para melasma!

Todo mundo do mundo inteiro, principalmente em países tropicais como o nosso querido Brasil, querem ter uma pele linda, livre de manchas e outras coisas que podem deixá-la feia e ainda doente.

Por este motivo, pensamos em fazer um artigo contando sobre a melasma e qual o melhor protetor solar para acabar com esse mal que atingem pessoas do mundo todo.

Se você gosta de tomar sol ou não consegue viver sem ele, pois, para ir trabalhar, você pega muito sol no rosto, aqui está um artigo que pode te ajudar a desvendar o mistério da melasma e te trazer uma solução.

Não sabe o que é melasma? Não tem problema!

Nós também podemos explicar o que é melasma e contar todos os segredinhos para você ter uma pele mais limpa, linda e saudável.

Vamos lá ficar com a pele bonita? Bora

O que é melasma?

Você deve estar se perguntando: “Meu Deus! O que é esse tal de “melasma”? Será que é grave? Será que eu tenho?

A resposta é: melasma é uma condição da pele que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras.

Essas manchas aparecem mais no rosto da pessoa, mas também pode haver uma ocorrência extraoficial, como aparecer no pescoço, nos braços e no colo da pessoa.

Melasma afeta mais as mulheres do que os homens, mas os homens não estão prevenidos de escapar de uma manchinha escura no rosto ou em alguma outra parte do corpo.

Por isso, para diagnosticar se você tem melasma, basta se observar ou consultar um especialista em pele humana (dermatologistas) para constatar se você tem ou não de fato este pequeno mal.

Causas do Melasma

O ruim é que não se sabe ao certo o porquê a melasma aparece na pele das pessoas.

Porém, muitas vezes, esta condição está ligada ao uso de anticoncepcionais e até a gravidez. Mas, um dos maiores fatores que acometem pessoas do mundo inteiro a ficar com suas manchinhas escurecidas na pele é a exposição excessiva e mal protegida ao sol.

O fator desencadeante para aparecer essas manchinhas escuras na pele é a exposição à luz ultravioleta ou até mesmo a luz visível.

Além dos fatores citados acima como os hormonais e o nosso querido sol de quase todos os dias, ainda temos como possível causa a predisposição genética.

Isto é, pessoas que em sua família tem pessoas que tiveram ou tem facilidade em adquirir essas manchinhas na pele seja por qualquer causa que for.

Com a força da genética em seu sangue, você terá mais facilidade em adquirir essas manchinhas na pele, mesmo que não pegue muito sol, não engravide ou não tome anticoncepcionais, por exemplo.

 

Como evitar melasma?

O jeito mais fácil e mais comum de se evitar ter essas manchinhas escuras na pele, melasma, é mesmo se protegendo dos raios solares,

A proteção contra o raio solar excessivo em nossa pele deve ser feito diariamente e, curiosamente, mesmo que o dia esteja nublado ou chuvoso.

Como o melasma também dá cor mesmo com a luz invisível, os filtros solares comuns podem não proteger totalmente a nossa pele desse mal.

Por isso, é interessante juntar a fotoproteção de filtros físicos para proteger a pele contra qualquer dano que a luz solar vier a causar.

Outra boa recomendação para se proteger do melasma é reaplicar o seu filtro solar de hora em hora para manter a proteção forte o dia todo.

Você também pode utilizar roupas que cubram bem o seu corpo como chapéus, óculos escuros, bonés, guarda-sóis e sombrinhas,

Toda a medida que servir para evitar que sua pele fique exposta ao sol por um longo tempo, é bem-vinda! Assim, além do melasma, você evita também outros males como o temível câncer de pele.

 

Melhor protetor solar para melasma

Agora você deve estar com outra dúvida e tanto, né? “Qual protetor solar devo usar para a minha pele que possui ou não o melasma e evitar que ela apareça, ou que ela piore?

Por mais que o protetor solar não seja 100% eficaz para combater ou proteger a pele como dito no tópico anterior, ainda sim é uma das melhores alternativas para proteger a pele e evitar que as manchas escuras apareçam ou piore ao longo do tempo.

De acordo com alguns dermatologistas, o uso de filtro solar que tenha cor e que possui óxido de ferro para pacientes que já apresentam as manchas, é uma boa pedida!

Esses dermocosméticos, além de disfarçar as manchas na pele, ainda impede a ação ruim da luz invisível sobre a pele.

Essa luz, por mais invisível que seja, queima pele a envelhecendo e causando danos terríveis e, às vezes, irreversíveis como o câncer de pele e o surgimento de novas manchas do melasma.

Por fim, o filtro solar mais indicado para quem já tem melasma é o com o protetor com cor e com a ação antioleosidade.

E outra coisa que devemos ressaltar: quanto mais tempo a pessoa fica debaixo do sol ou quanto mais forte for a luz do sol sobre sua pele, maior deve ser o valor do FPS no filtro solar.

FPS quer dizer “Fator de Proteção Solar”, isto é, é uma forma de medir a capacidade de manter a pele protegida dos raios UVB.

O FPS é calculado baseando-se o tempo em que a pele ficou exposta ao sol, mas com o protetor solar para com o tempo em que a pele ficou sem protetor solar e exposta ao sol.

Os raios UVB, por sua vez, causam queimadura solar e essas queimaduras são notadas assim que a pele fica vermelha e com certa ardência após a exposição ao sol.

Contudo, em casos de pessoas que já possuam o melasma, o uso de um protetor solar com um FPS bem alto pode manter uma boa proteção, mesmo que este aplique o produto em pequenas quantidades.

Com isso, a pessoa irá proteger sua pele de futuras marcas ou de piorar as suas manchas pretas se houver.

Fique atento!

Scroll to top